Bem vindo(a) ao CENAPRO - Centro de Ensino e Aperfeiçoamento Profissional
 
 
 
 
 
  
NOTÍCIAS

12/03/2018
Ciência - Pesquisa
Colesterol elevado em idosos poderá indicar cérebro saudável
Estudo publicado na revista “Alzheimer's & Dementia”
Ter o colesterol total mais elevado na faixa etária dos 85 aos 94 anos, do que era na meia-idade poderá não ser mau, sugere um estudo.
 
Conduzido por uma equipa de investigadores da Faculdade de Medicina Icahn no Mount Sinai, EUA, o estudo apurou que aquela relação indicará um risco 32% menor de declínio cognitivo substancial nos idosos daquela idade. 
 
Em contrapartida, na faixa etária dos 75 aos 84 anos, a presença de colesterol total mais elevado do que era na meia-idade, foi observado que o risco de declínio cognitivo pronunciado era 50% maior.
 
As conclusões do estudo foram conseguidas por Jeremy Silverman (primeiro autor). James Schmeidler (coautor) e equipa contaram com dados recolhidos de 1.897 participantes de um estudo norte-americano sobre saúde cardiovascular. Todos os participantes apresentavam uma função cognitiva saudável no início do estudo. 
 
A equipa investigou associações entre os níveis de colesterol totais e incidências de declínio cognitivo pronunciado no decorrer das décadas de seguimento, à medida que os voluntários atravessavam a meia-idade e a terceira idade.
 
Foram efetuadas cinco medidas de colesterol total ao longo do tempo: média aos 40 anos de idade (meia-idade), média aos 77 anos (terceira idade), média desde os 40 anos de idade, se o nível subiu ou desceu e se as alterações no nível desaceleraram ou aceleraram.
 
Os resultados revelaram que algumas das medidas prognosticavam um maior risco de declínio cognitivo acentuado. 
 
Os resultados demonstram que se deve abordar com mais pormenor as diferentes faixas etárias neste tipo de investigação. Por exemplo, os resultados questionam estudos que concluíram que o colesterol está associado a um maior risco de declínio cognitivo em pessoas idosas; no entanto, aqueles estudos basearam-se principalmente em adultos até aos 75 anos de idade.
 
No entanto, os investigadores consideram que as pessoas com 85 anos e mais de idade não devem procurar aumentar os seus níveis de colesterol; significam sim que a presença do colesterol poderá ajudar a identificar quem é menos afetado pelo declínio cognitivo.
ALERT Life Sciences Computing, S.A.

« Voltar
  
 
Desenvolvido por:
Centro de Ensino e Aperfeiçoamento Profissional - CENAPRO
CNPJ: 020.149.945/0001-87 - BELÉM/PA
Fone: (91) 3259-0673
Claro / Whatsapp: (91) 98551-9146
Tim
: (91) 98309-5846
Sistema Antistress: